Lorem ipsum dolor sit amet, conse ctetur adip elit, pellentesque turpis.

Image Alt

Scopphu

  /  Artigo   /  Muda o rumo da tua equipa

Muda o rumo da tua equipa

O Management 3.0 é uma das principais filosofias ágeis do momento, mas este modelo de gestão já sofreu algumas alterações. Para perceber a evolução desta metodologia ao longo dos anos temos de começar pelo início.

A evolução da gestão

No início do século XX as grandes indústrias estavam focadas em ser eficientes e, para que isso acontecesse, existia uma hierarquia bem definida. É aqui que surge o primeiro modelo de gestão: o Management 1.0. O poder de decisão cabia às chefias e os trabalhadores tinham pouca – ou mesmo nenhuma – autonomia.

Mais tarde, e como forma de melhorar o modelo anterior, nasce o Management 2.0. Foram criadas novas técnicas de gestão, como a Six Sigma e a Total Quality Management (TQM). No entanto, estas continuavam focadas nos gestores e o modelo acabou por funcionar apenas como uma extensão do anterior.

É então que surge o atual – e mais eficiente – modelo de gestão: o Management 3.0. As organizações passam a ser vistas de forma completamente diferente e todos são agora responsáveis pelo sucesso do negócio.

Os 6 princípios do Management 3.0

Jurgen Appelo, que criou o conceito em 2010, sugere ainda ter em conta estes 6 princípios para a gestão eficaz das equipas. E para conseguir o melhor resultado possível é importante que todos sejam postos em prática.

Motivar os trabalhadores – Já referimos neste artigo que a felicidade dos trabalhadores é uma das prioridades deste modelo. E para que os resultados sejam positivos os gestores devem conseguir manter os colaboradores motivados e empenhados ao longo de todo o processo.

Dar poder à equipa – Os colaboradores devem ser autónomos e capazes de se organizar entre si, mas para isso é preciso que as chefias tenham total confiança nas equipas de trabalho.

Alinhar restrições – Apesar das equipas terem total liberdade criativa, é essencial que se imponham algumas regras e limitações para que tudo funcione devidamente.

Desenvolver competências – Além de autónomos, os colaboradores devem ser auto-suficientes. No fundo, o objetivo passa por criar equipas multidisciplinares que sejam capazes de fazer o projeto avançar.

Fazer crescer a empresa – Todas as empresas desejam crescer, porém este crescimento deve ser consciente e ter como principal foco a qualidade do ambiente organizacional.

Melhorar continuamente – Os erros devem ser vistos como oportunidades de melhoria e não como falhas. Até porque ainda não existe uma receita para o sucesso, mas o importante é nunca desistir.

Despertámos a tua curiosidade? A formação em Management 3.0 vai ajudar-te a encontrar a forma mais eficiente de alcançar os objetivos. Inscreve-te e começa já a pôr os teus conhecimentos em prática.

Publicar um comentário